FANDOM


Esquema-expressao.png

A forma gramatical de tratamento também é uma expressão de gênero. As formas de tratamento são: feminina, masculina e não-binária (neutra). Entretanto, isso não quer dizer que pessoas sejam obrigadas a usar certa forma de tratamento para elas mesmas se forem de tal gênero. Portanto, uma pessoa não-binária, por exemplo, não é obrigada a chamar a si mesma no neutro. O que importa é se a pessoa se sente bem representada por aquela forma de tratamento.

Tratamento gramatical no feminino

Uso de pronomes no feminino (exemplos: ela/dela/nela/aquela), adjetivos no feminino (exemplos: linda, querida, bondosa), substantivos no feminino (exemplos: moça, menina, garota, senhora), artigos e outras palavras no feminino para se referir a pessoas que desejam ser tratadas assim.

Tratamento gramatical no masculino

Uso de pronomes no masculino (exemplos: ele/dele/nele/aquele), adjetivos no masculino (exemplos: lindo, querido, bondoso), substantivos no masculino (exemplos: moço, menino, garoto, senhor), artigos e outras palavras no masculino para se referir a pessoas que desejam ser tratadas assim.

Tratamento gramatical no neutro (não-binário)

Uso da linguagem não-binária ou neutra para se referir a pessoas que desejam ser tratadas assim. Essa linguagem também é a preferida para se referir a conjunto de pessoas, pois não demarca gênero, então é uma alternativa não-machista (porque, no português de norma culta, usa-se o tratamento gramatical no masculino quando são várias pessoas, mesmo que o grupo seja constituído por 99 mulheres e 1 homem).

Leia também

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória