FANDOM


Corporalidade ou corporeidade é o conjunto de todas as características corpóreas (do corpo) de uma pessoa. Refere-se principalmente à biologia dos organismos. Há muitas pessoas que fazem modificações na corporalidade.

Diversidade funcional / pessoas diversofuncionais

Diversidade funcional é um termo que foi criado em 2005 na Espanha como alternativa para "deficiência" psíquica, fisiológica ou anatômica, porque esta última terminologia é considerada pejorativa para certas pessoas. São pessoas cujas características funcionais não se enquadram nos padrões médicos de "normal". Pessoas diversofuncionais sofrem a discriminação chamada capacitismo.

Pessoas neuroatípicas / neurodivergentes / neurodiversas

Termo que engloba todas as pessoas que apresentam bipolaridade, dislexia, ADHD, autismo, esquizofrenia, Parkinson’s, dispraxia, etc. São pessoas cuja estrutura neurológica não se encaixa no padrão médico de “normal”.

Desenvolvimento Genital Humano

Todos os seres humanos iniciam a vida com um mesmo genital que tem quatro órgãos externos básicos. Essa genitália inicial não é nem uma vulva e nem um pênis: é um genital intersexo. Todas as pessoas começam como intersexo. A maioria das pessoas se diferencia em diádica, mas há pessoas que permanecem intersexo.

Embryonic genitalia.JPG

Os quatro órgãos genitais básicos são:

  1. a glande do faloclítoris, a qual pode se diferenciar depois na cabeça do pênis ou na ponta do clítoris.
  2. corpo do faloclítoris, que pode se diferenciar no corpo do pênis ou no corpo do clítoris e nos pequenos lábios. 
  3. membrana uretral, que pode se alargar ou se fechar; forma a uretra e pode formar a vagina. 
  4. as turgescências labioscrotais (ou labioscroto), que podem se desenvolver nos grandes lábios ou no escroto.

Há muita variação em como cada um desses quatro ógãos básicos da genitália se desenvolvem, pois depende de cada pessoa. 

Sistemas Reprodutores Diádicos (não-intersexo)

Esquema-genitais.png

Sistema Reprodutor Ovariano (SRO)

Grupo de órgãos que atuam em conjunto para a reprodução sexual E seus respectivos genitais externos. Inclui basicamente ovários, tubas uterinas, útero, cérvix, vagina, vulva e clítoris. O nome do sistema reprodutor é S. R. Ovariano justamente por causa dos ovários.

Sistema Reprodutor Testicular (SRT)

Grupo de órgãos que atuam em conjunto para a reprodução sexual E seus respectivos genitais externos. Inclui basicamente testículos, próstata, epidídimo, vesícula seminal e pênis. O nome do sistema reprodutor é S. R. Testicular justamente por causa dos testículos.

Corporalidades reprodutivas

Corporalidades reprodutivas são todas as corporalidades relacionadas ao Sistema Reprodutor.

Pessoas diádicas: que não são intersexo. Pessoas que têm anatomia, genética e conjunto hormonal dentro dos padrões normativos de Sist. Reprodutor Ovariano OU de Sist. Reprodutor Testicular, separadamente.

  • Pessoa ovariada / ovari

Ovariada (ovari) é uma pessoa que nasceu com Sistema Reprodutor Ovariano no padrão diádico (não-intersexo). Este é um termo para ser utilizado somente em contextos dentro da biologia e medicina, porque, no cotidiano, o correto é tratar a pessoa pelo seu gênero e NÃO pelos genitais. Esse termo pode ser usado em contextos sobre reprodução. O objetivo do termo é evitar ao máximo as designações “fêmea” e “macho”, porque são cissexistas e binaristas e carregam um histórico opressor patriarcal. Corporalidade ovariada se refere à corporalidade de uma pessoa ovariada. Há uma diversidade vasta de corporalidades ovariadas, porém, a sociedade estereotipa e simplifica essa diversidade, de modo que as pessoas passam a acreditar que pessoas ovariadas só podem ter um único tipo de corporalidade, que é a estereotipada. Por exemplo, no padrão normativo, diz-se que pessoas ovariadas teriam sempre corpo com curvas, mãos pequenas, etc.

  • Pessoa testiculada / testi

Testiculada (testi) é uma pessoa que nasceu com Sistema Reprodutor Testicular no padrão diádico (não-intersexo). Este é um termo para ser utilizado somente em contextos dentro da biologia e medicina, porque, no cotidiano, o correto é tratar a pessoa pelo seu gênero e NÃO pelos genitais. Esse termo pode ser usado em contextos sobre reprodução. O objetivo do termo é evitar ao máximo as designações “fêmea” e “macho”, porque são cissexistas e binaristas e carregam um histórico opressor patriarcal. Corporalidade testiculada se refere à corporalidade de uma pessoa testiculada. Há uma diversidade vasta de corporalidades testiculadas, porém, a sociedade estereotipa e simplifica essa diversidade, de modo que as pessoas passam a acreditar que pessoas testiculadas só podem ter um único tipo de corporalidade, que é a estereotipada. Por exemplo, no padrão normativo, diz-se que pessoas testiculadas teriam sempre corpo quadrado, mãos grandes, etc.

Pessoas intersexo / intersex

Intersexo ou intersex, que significa "sexo intermediário" ou "entre os sexos", é o grupo de todas as pessoas cujas características corpóreas relacionadas a sistema reprodutor estão entre os dois extremos legitimados e normatizados (corporalidade de Sistema Reprodutor Ovariano OU corporalidade de Sistema Reprodutor Testicular). São pessoas que nasceram naturalmente com anatomia, genética e/ou conjunto hormonal que não se encaixam facilmente nos estereótipos de pessoa ovariada ou de pessoa testiculada. São pessoas que nasceram naturalmente com: (1) genitais externos ambíguos, ou parciais, ou duplicados ou ausentes, (2) sistema reprodutor ambíguo, ou parcial, ou duplicado ou ausente, (3) composição, concentração, espécie hormonal que diferem dos padrões estereotipados, (4) variações genéticas e cromossomais que diferem dos padrões estereotipados e etc. Existem mais de 30 categorias diferentes de intersex; alguns exemplos mais comuns são: Insensibilidade Androgênica, Hiperplasia Adrenal Congênita, Variação de Klinefelter, Hipospádia, Variação de Turner, Variação de Swyer, Variação da 5-alfa-redutase, Variação de MRKH, mosaicismo cromossomal, Ovotestes, Virilização Induzida por Progestina, Variação de La Chapelle. A proporção de intersex varia muito conforme o tipo: pode ser uma proporção de 1 em 66 nascimentos ou até de 1 em 130,000 nascimentos. Intersexos sofrem as discriminações chamadas intersexofobia e diadismo.

Gametas

Macrogametas / megagametas

Nos animais vertebrados, são os óvulos e ovócitos que são produzidos pelos ovários. Em todos os outros seres vivos com ciclo sexuado (protozoários, plantas, animais invertebrados), macrogametas são simplesmente qualquer célula reprodutiva de tamanho grande. Macro- é devido ao tamanho grande desse gameta em relação ao microgameta (isso está relacionado com o fato de que macrogametas sofrem menos divisões celulares, então, geralmente, há 1 macrogameta para cada 4 microgametas). Macrogameta é o termo acadêmico usado pelas Ciências Biológicas e Médicas como alternativa para “”“gametas femininos”“”.

Microgametas

Nos animais vertebrados, são os espermatozóides que são produzidos pelos testículos. Em todos os outros seres vivos com ciclo sexuado (protozoários, plantas, animais invertebrados), microgametas são simplesmente qualquer célula reprodutiva de tamanho pequeno. Micro- é devido ao tamanho pequeno desse gameta em relação ao macrogameta (isso está relacionado com o fato de que microgametas sofrem mais divisões celulares, então, geralmente, há 1 macrogameta para cada 4 microgametas). Microgameta é o termo acadêmico usado pelas Ciências Biológicas e Médicas como alternativa para “”“gametas masculinos”“”.

Hormônios sexuais

São os hormônios relacionados aos órgãos sexuais (órgãos reprodutivos) e aos caracteres associados secundariamente aos órgãos sexuais. Embora a nossa cultura divida os hormônios em "femininos" e "masculinos" (divisão que é cisnormativa e binarista), a verdade é que não existe bem essa separação, porque tanto pessoas ovariadas, quanto pessoas testiculadas produzem ambos tipos de hormônios e ambos os tipos de hormônios são essenciais para pessoas ovari e pessoas testi. Por exemplo, a testosterona é também um hormônio sexual de pessoas ovariadas e é igualmente importante para os órgãos reprodutivos de pessoas ovari. A testosterona é um hormônio produzido pelos ovários e pelas glândulas adrenais nas pessoas ovariadas, só que GERALMENTE a concentração de testosterona é menor em pessoas ovariadas. Outro exemplo: o estrógeno é um hormônio importante para a maturação das células espermáticas e para a manutenção de uma libido saudável em pessoas testi. Então, essa divisão entre hormônios ovarianos e hormônios testiculares é baseada somente na concentração média desses hormônios (se a concentração, na média, é maior ou menor). Portanto, talvez essa divisão dos hormônios sexuais seja desnecessária.

Hormônios ovarianos

São os hormônios que estão, na média, em maior concentração em pessoas ovariadas. Os principais hormônios ovarianos são o estrógeno e a progesterona. Estrógeno é produzido pelos ovários e pelos testículos. Progesterona é produzida pelo corpo lúteo, pelas glândulas adrenais, por tecido nervoso e por tecido adiposo.

Hormônios testiculares

São os hormônios que estão, na média, em maior concentração em pessoas testiculadas. O principal hormônio testicular é a testosterona, que é fabricada pelos testículos, pelos ovários e pelas glândulas adrenais.

Leia também

Links externos

  1. Diversidad funcional (Wikipédia)
  2. Estrogen in the adult male reproductive tract: A review
  3. O Faloclítoris: Anatomia e Ideologia

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória